Como indústria e varejo podem trabalhar juntos para melhorar a sua atuação?

. Juntos eles podem traçar estratégias e reconhecer algumas tendências do consumidor que vão ajudar na potencialização dos seus negócios e no aumento dos seus resultados positivos.

Por Cleison Dará

Indústria e varejo podem ser aliados no desenvolvimento das suas atividades. Juntos eles podem traçar estratégias e reconhecer algumas tendências do consumidor que vão ajudar na potencialização dos seus negócios e no aumento dos seus resultados positivos.

Se comunicar com o cliente, por exemplo, é para muitos varejistas um grande desafio. Estabelecer um canal de comunicação e estar em constante contato com o consumidor pode ser uma ferramenta estratégica para o negócio.
Principalmente, com o cliente omnichannel, aquele que não prioriza somente as compras no meio físico, mas que agora passar a unir também as lojas online, seja para realizar a compra de forma definitiva ou para pesquisar os preços, informações e após essa consulta, comprar e retirar a mercadoria na loja física, o que hoje é chamado de jornada online-to-offline.

Diante desse contexto, as indústrias podem auxiliar o varejista nessa comunicação e a também ter um atendimento mais efetivo. Com a ajuda da indústria, o comerciante consegue ter, por exemplo, um pós-venda eficiente. Isso porque estar próximo dela permite que ele conheça melhor as mercadorias que está comercializando, possibilitando que o time dele também esteja apto para responder quaisquer dúvidas do consumidor, além de estarem sempre treinados sobre aquele tema.

A interação direta com a indústria também ajuda na otimização do planejamento. Com uma comunicação estabelecida entre varejo e indústria é possível ter uma previsibilidade melhor dos produtos. Permitindo, desse modo, que a administração seja mais assertiva.

Outro aspecto positivo dessa relação, é a oportunidade que ambas as companhias têm para compartilharem experiências de boas práticas. O varejista pode, por exemplo, mostrar o que o consumidor deseja, e assim a indústria pode desenvolver seu trabalho de forma efetiva para atender o seu cliente. Já a indústria também pode compartilhar seus conhecimentos para que o varejista realize vendas qualificadas.

O fato é que indústria e varejo podem ser aliados e trabalharem juntos com a finalidade de aperfeiçoar as suas atividades. Pensando que o comportamento do consumidor está em constante mudança, o varejista consegue perceber como o cliente está se comportando, e consegue analisar, por exemplo, quais os produtos estão sendo mais procurados. Assim, a indústria consegue se dedicar na produção conforme a demanda, garantindo que o comerciante sempre tenha estoque suficiente dessas mercadorias.

Ao unirem esforços, tanto indústria quanto varejo podem ter uma atuação superior em prol de oferecerem as melhores soluções para seus consumidores. Com as constantes mudanças dos clientes, é importante que os negócios trabalhem juntos para conquistarem bons resultados, novos clientes e atingirem novas metas.

Cleison Dará é analista de marketing da Gofind, empresa de inteligência que conecta marcas e consumidores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts
Read More

Como o WhatsApp se tornou peça fundamental no varejo

Se antes a transformação digital das marcas era uma tendência que se mostrava promissora, principalmente a médio e longo prazo, com a pandemia, o processo se tornou necessário e de grande urgência.
Read More

O antes e depois do 5G no varejo

Além de estimular o consumo, o uso da tecnologia amplia as possibilidades de transações comerciais, como o live commerce, potencializa a experiência de compra e abre espaço para outros dispositivos